quarta-feira, outubro 06, 2004

E se um dia uma estranha lhe oferecesse cocaína numa casa de banho mista da discoteca mais debochada de Copenhaga?

Bem, aí depende. Se, como no caso que conheço, estivesse praticamente afogado em cerveja e mojitos de champagne, dificilmente conseguiria reagir a tempo à solicitação. Se, como no caso que conheço, o som que viesse da pista fosse o menos mulherengo e comercialóide dos R'n'Bs, se a fauna pavoneante fosse da mais ostensiva e irrepreensível beleza e se o DJ de serviço resolvesse passar a última hora entretido com os Velvet Underground e com os Rolling Stones vintage (e passar o Cocksucker Blues perante aquela turba poderia não ter sido a decisão mais sensata), o evento não teria mais importância do que o próprio acto fisiológico que o levou ao cubículo em questão. E se ao dito artista dos pratos desse para acabar a permormance com a Panic dos Smiths, pondo toda a gente a cantar "hang the DJ hang the DJ hang the DJ", então acharia o clube para o qual o teriam levado a melhor coisa que saíu da Dinamarca depois da Carlsberg. Provavelmente.

FMS

P.S.: Este post nunca teria sido possível sem a colaboração valorosa do Bruno e da Rita, fã dedicada do nosso very own Nuno Costa Santos, que pretende conhecer da próxima vez que estiver em Lisboa. Ah, e Nuno, trás também o Luis Filipe Borges. Mas avisa-o que eu o descrevi como alto, louro e magro.

4 Comments:

Blogger braap said...

Franscisco, este é o sítio http://www.katkbh.dk/.

Abraço

11:39 da manhã  
Blogger No Quinto said...

Obrigado.

12:57 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Snifava a coca, comia a estranha e depois mandava-te à merda. Topas?

6:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

gosto dos comentários dos anónimos, que só sabem dizer mal.as frustraçoes muitas vezes revelam-se através de teclados...enfim...boa sorte amigo que comia e snifava e depois te mandava...
ps- olá primo!domingo nao jogo!! ;)

4:33 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home