quarta-feira, novembro 24, 2004

Die 500 besten Alben aller Zeiten

De forma a comemorar o seu décimo aniversário, a edição alemã da Rolling Stone decidiu, assim sem mais nem menos, elaborar a lista dos 500 melhores discos de todos os tempos. Para este projecto megalómano convidou umas quantas sumidades do mundo musical que, após coçarem a cabeça e afiarem bem os lápis, lá concluíram que “Blonde on Blonde” de Bob Dylan merece o rótulo de melhor álbum de sempre. É evidente que não se deve exagerar a importância de uma lista destas e o seu carácter absoluto, mas para futuras discussões acaloradas em salões de chá enfumarados é conveniente tê-la sempre à mão:

1 - Bob Dylan “Blonde on Blonde”
2 – The Beatles “Revolver”
3 – Rolling Stones “Exile on Main Street”
4 – The Velvet Underground “The Velvet Underground & Nico”
5 – The Beatles “White Album”
6 – The Sex Pistols “Never mind the bullocks …”
7 – Nirvana “Nevermind”
8 – The Beach Boys “Pet Sounds”
9 – Bruce Springsteen “Born to Run”
10 – The Beatles “Sgt. Pepper´s …”

E para aguçar o apetite e o sentido crítico, mais algumas posições finais:

The Smiths “The Queen is dead” (26.º), Radiohead “OK Computer” (30.º), Leonard Cohen “Songs of Love and Hate” (37.º), Pixies “Surfer Rosa” (59.º), Nick Drake “Five leaves left” (68.º), The Jesus & Mary Chain “Psychocandy” (95.º), Massive Attack “Blue Lines” (101.º), Jeff Buckley “Grace” (103.º), Tindersticks “Tindersticks” (107.º), The Libertines “Up the Brackets” (111.º)
e por aí fora….. REC

p.s. se alguém tiver curiosidade em saber por onde é que anda o "Vivo d´amor" de Frei Hermano da Câmara, envie por favor um fax para a nossa redacção.

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Uma lista, elaborada seja por quem for, que ponha Sex Pistols e Nirvana (ainda por cima o Nevermind, no caso dos segundo?????) em 6º e 7º lugar respectivamente, merece credibilidade?

Eu acho que não. Mas se calahr sou só eu.

Um abraço a todos.
Fernando

11:39 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Atão e os Cure? E os Joy Division? Atão e os Primal Scream? e o Lou Reed, Neil Young, Nick Drake? e mtos mais .... mas onde é k isto já vai? Abracinhos...

2:20 da tarde  
Blogger joe_disco said...

Epá façam a pergunta que realmente interessa... onde está nessa lista o José Cid? Onde está esse portento do prog rock, o grandioso "10000 Anos depois entre Venus e Marte"??

3:27 da tarde  
Blogger absurdo ponto said...

listas dessas sem, pelo menos!, 3 discos do Zappa nos primeiros dez, é milho para pardalecos...

abraço
ab.

6:36 da tarde  
Blogger Pedro Robalo said...

Quando se elaboram estas listas, de que as Rolling Stone's tanto gostam, emerge sempre o problema: «Melhores Discos» ou «Discos Mais Importantes». Ou, por outras palavras, avalia-se a qualidade do conteúdo musical ou a relevância em termos de desenvolvimento de novas tendências no universo pop? A título de exemplo, parece-me que Nevermind pode perfeitamente figurar nos 10 discos mais importantes - enquanto disco que deu visibilidade ao movimento grunge, mas nunca nos 10 melhores discos de todos os tempos. E outros exemplos há.

6:13 da manhã  
Blogger Atomo! said...

Eu cá incluiria na lista os seguintes:

Can "Ege Bamyasi" (ou "Tago Mago")
Jesus and Mary chain, the - "Psychocandy"
Nick Cave and Bad Seeds - "Tender Prey"

Sem estes isso é mastigar e dar de novo o que a RS americana já vez e tornou a fazer... e para isso mais vale ler as listagems antigas e ignorar isto

12:30 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home