terça-feira, junho 21, 2005

Jarvis Jesus Cocker Christ



Nunca as lower classes foram tão glamorosas como nas letras que Jarvis Cocker escreveu para os Pulp. Se calhar - e aqui fala um filho adoptivo da aristocracia - porque nunca foram, de facto, na vida real, assim tão glamorosas.

(Vê lá mas é se curas esse pedantismo)

Em todo o caso, é uma visão glamorosa das dificuldades quotidianas, das ânsias hedonistas de subúrbio, da fragilidade da condição e, ainda assim, da perenidade dessa mesma condição. Sempre com muita autobiografia pelo meio.

Como na letra transcrita, mais um contributo para a investigação proposta por Sua Excelência o pai desta merda toda a que chamamos "blogosfera portuguesa".

2. Pulp, «Dishes», This Is Hardcore (1998)

I am not Jesus though I have the same initials -
I am the man who stays home and does the dishes.
And how was your day?
Is that woman still trying to do your head in?
A man told me to beware of 33.
He said,
"It was not an easy time for me"
but I'll get through
even though I've got no miracles to show you.

I'd like to make this water wine
but it's impossible.
I've got to get these dishes dry.

I'll read a story if it helps you sleep at night.
I've got some matches if you ever need a light.
Oh I am just a man
but i'm doing what I can to help you.

I'd like to make this water wine
but it's impossible.
I've got to get these dishes dry.

And I'm not worried that I will never touch the stars
cos stars belong up in heaven
and the earth is where we are.
Oh yeah.

And aren't you happy just to be alive?
Anything's possible.
You've got no Cross to bear tonight.
No not tonight.
No not tonight.
I am not Jesus though I have the same initials.


FMS

3 Comments:

Blogger tio said...

ok, não tem muito em comum, mas... dia 30 de Junho -22h no sant. alquimista - THE GREY BLUES BEND

1:12 da tarde  
Blogger Diogo aka o Torgal said...

Só para ajudar à compilação:
"Jesus Christ Pose" do "Badmotorfinger" dos Soundgarden. É, de longe, o melhor álbum dos rapazes e uma das melhores músicas do alinhamento.

5:44 da tarde  
Anonymous Pedro said...

Talvez a letra mais realista e social do Jarvis seja a Mile End .. essa sim com claras afinidades ao Sr. Ray Davis.

10:55 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home