sexta-feira, dezembro 30, 2005

aquilo que sempre quis confessar... e nunca me atrevi:

Eu não tenho um iPod.

REC

10 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Nunca, mas NUNCA, ouvi o meu tio dizer : eu tenho um Ipode

2:58 da tarde  
Blogger jMAC said...

eu também não

3:14 da tarde  
Anonymous Ricardo Saleiro said...

E pode?

12:43 da manhã  
Blogger Maria said...

Eu tb não !
:)
Um Bom 2006 para todos

9:56 da manhã  
Blogger jd said...

A febre tb chegou à lusitânia?
Os brits têm todos um ipod, que ostentam com grande naturalidade.
eu às vezes até tenho vergonha de sacar o meu "gigante e volumoso" discman da minha mala para mudar de CD.

10:32 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

finalmente posso sair do armário - é só gente à minha volta com fiozinhos brancos e nos blogues, então, só se lê "no meu ipod isto", "ontem, o meu ipod aquilo"....

António Ramos

12:07 da tarde  
Anonymous Ricardo said...

A verdade é que os iPods são como os telemóveis: depois de termos um, é difícil vivermos sem ele...

1:28 da tarde  
Blogger El Puto said...

Eu gostava de ter um :( muito :O

5:35 da tarde  
Blogger jd said...

No outro dia, num almoço veio à baila a questão dos ipods, e alguém me disse que o discman é o "ghetto blaster" dos dias de hoje - "Há que usá-lo ao pescoço, com uma corrente de metal bem vistosa."

1:05 da manhã  
Blogger diane said...

Como te compreendo!!
Eu também já tive vontade de fazer um statement desses...mas acho que no meu caso especial, é pior: eu não mereço um i-pod!!É como ter um telemóvel com demasiadas funcionalidades: não irei nunca desfrutar de todas elas.
Devo ser muito conservadora, pois para mim não há nada como tirar o cd da caixinha e pô-lo a tocar (ok, verdadeiramente conservadora, seria por o vynil...)
Acho que a conclusão a retirar é apenas esta: I don´t pod!

4:46 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home