sábado, janeiro 28, 2006

aquilo que quero ouvir

"É fundamental que as bandas evoluam, explorem novas sonoridades", diz-me o empregado de mesa da Churrasqueira dos Sapadores, onde por vezes me descubro a jantar e a esforçar-me por criar uma imagem de solitário intelectual. Isto a propósito do novo disco dos Belle and Sebastian "The Life Pursuit", do qual escutámos duas músicas ("White Collar Boy" e "The Blues Are Still Blue", gentilmente fornecidas pelo FMS) antes do arroz de cabidela. Sei que o senhor Ramiro, com as suas saudades de Celorico da Beira, até tem razão, mas não deixo de sentir uma certa nostalgia das baladas folk-melancólicas com pitadas de filme francês dos primeiros discos. Ainda não me devo ter habituado à nova paixão dos escoceses pela pop despudorada. Ou então estou à espera da Primavera.

Por enquanto, dêem-me Cat Power ["The Greatest"] e Acid House Kings ao pequeno-almoço e ao lanche e eu fico feliz. E à espera de ouvir a colaboração da ex-belle e sebastiana Isobel Campbell com a voz gasta de Mark Lanegan em "Ballad Of The Broken Seas".

REC

6 Comments:

Blogger jMAC said...

muito fraco o novo da cat power! desilusão... pelo facto de ser "apenas" mais do mesmo.

3:55 da tarde  
Blogger IMS said...

Se mais refeições houvesse, eu recomendaria "Nice and Nicely Done" de "The Spinto Band", "of Montreal" (de fácil digestão), ou os "The Cribs" só para animar. Fica o Menu.

11:23 da tarde  
Blogger IMS said...

Ou então uma alimentação simplesmente à base de "The Kooks".

1:14 da manhã  
Anonymous diva said...

E da Isobel, ainda, o "Amorino"...
(apesar de não ser novidade)

1:58 da tarde  
Anonymous Maria João said...

Adiciona a essa refeiçao, Jose Gonzalez... Gostei de encontrar por aqui coisas que me agradam.
Cumprimentos

8:11 da tarde  
Anonymous Maria João said...

e uma pitada de Animal Collective e Interpol. enjoy!

8:28 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home