quarta-feira, fevereiro 01, 2006

Depois não digam que não avisei

Nas semanas que antecederam a que agora corre, foi possível encontrar abandonados nos escaparates de uma conhecida cadeia de lojas francesa vários objectos da discografia dos Stereolab ostentando na capa uma etiqueta verde, branca e redonda com o algarismo 7 precedido do símbolo €. ENP

9 Comments:

Blogger El Puto said...

Hum, vou ja enviar este post a um amigo meu, o gajo mais doido pelos Stereolab que existe... Informações destas são sempre preciosas. Obrigado ;)

1:11 da manhã  
Blogger jMAC said...

e dos Red House Painters e da Kristin Hersh

2:57 da tarde  
Anonymous Ricardo said...

Dos Stereolab quais são os que valem mesmo a pena?

3:10 da tarde  
Blogger El Puto said...

Epá, todos! E dos RHP até os lados b valem a pena, mas eu sou suspeito...

6:14 da manhã  
Anonymous Ricardo said...

Dos RHP valem QUASE todas a pena. Dispenso as guitarradas intermináveis do sr. kozelek em algumas músicas.
Seja como for, na loja francesa do Colombo já só lá havia um dos Stereolab - acho que era uma banda sonora.
E já agora, correndo o risco de estar a cometer uma heresia: não vale mais a pena investir nos Broadcast?...

10:29 da manhã  
Blogger El Mono said...

Nos Broadcast???
Só o Emperor Tomato Ketchup tem mais música do que a que os Broadcast algum dia conseguirão produzir.
Heresia! Heresia!
:P

12:37 da tarde  
Anonymous Ricardo said...

Pronto, compro esse, então!

1:10 da tarde  
Blogger mao morto said...

Stereolab?

Aaaaaargghhhhhh

(queiram desculpar a falta de modos, mas são o meu ódio de estimação...)

8:32 da tarde  
Blogger El Mono said...

Onde anda a inquisição quando é precisa?

11:05 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home