quarta-feira, junho 01, 2005

O milagre da multiplicação

Hoje somos seis. Com especialistas destes, quem sabe se amanhã não seremos sete.

11 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Não sei o que se passou em Lisboa, mas na Casa da Música o concerto foi simp0lesmente divinal! Aliás, é a primeira pessoa que ouço/leio sobre o concerto do Antony, e que deixa passar uma imagem negativa. Pena é que o autor do texto tenha passado a maior parte do concerto preocupado em saber se aquilo da homosexualidade se pega, em vez de apreciar a música.

12:34 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

e o engraçado é que, segundo o autor deste texto, a única "parva" é mulher... Não deixa de ter piada essa análise! Tudo, para o autor do texto, se reumiu a um espectaculo gay!!! Pergunto eu:mas o que é que ele foi lá fazer? De facto, mas valia estar calado, não fazia figura de estúpido, e podia ler os seus "blogs" em casa. Assim, já não corria o risco de contágio. :-)

12:46 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Deixava aqui uma pergunta ao Filipe: por acaso já se deu ao trabalho de ver concertos de senhores, como por exemplo, add n to X, Kelly, qualquer banda hip hop/mtv, chiks on speed, peaches, etc, etc, etc. Ou seja, musicos que, através da musica, expressam as suas orientações sexuais? Parece-me que já deve ter visto ou ouvido. Simplesmente, não lhe metem tanto medo - para o Filipe, estas orientações são as "certas" e, assim, estes já entram no grupo da música, e não no grupo daqueles que, como o Filipe deixa transparecer, ou são "parvos" ou "gays".

2:48 da tarde  
Blogger jMAC said...

foda-se! confesso que não percebo a devoção a este paneleiro de merda! a música é uma bosta e as letras são de fugir: adolescente-pós-borbulhas-em-busca-da-sexualidade-perdida!

2:59 da tarde  
Blogger Captain Hawk said...

Meu "Deus", jMac... Que vulgaridade...

Se alguma coisa transmites com esse teu commentário, é, simplesmente, a tua insegurança no campo...


(mas sim... reconheço que seguiste um pouco da linha do Filipe, cujo post era quase [quase mas não tanto, vá lá] tão pouco inteligente quanto o teu commentário)...

4:05 da tarde  
Blogger pedro adão e silva said...

fico sempre particularmente surpreso com a inteligência dos que não percebem a ironia. chega a ser assustador. meus amigos, ler não é só juntar letras. vão ler o texto do filipe. PAS

4:54 da tarde  
Blogger jMAC said...

calma pá!
só quis dizer que aquilo é mau! (em tom boçal pós-moderno).

e ainda que não percebo o hype instalado à volta daquela coisa (que nem é gajo nem gaja). não há pachorra para as "investigações de género", do academismo requintado de um vale de almeida ou de uma música francamente pobre como a do antony.
e fico contente do "quase famosos" não ir no combóio da rambóia que tem sido a recepção acrítica dessa obra prima dos tempos do cinismo que é o autor em questão.
ora foda-se!
tenho dito!

5:30 da tarde  
Blogger Nuno said...

Isto está confuso e perigoso. O Antony é do catano (o gajo começou a cantar e deu-me pele de galinha; aquilo comove e, em termos musicais, é realmente simples mais potente; Hope There's Someone e fistful of love, por exemplo, são de ir às lágrimas). O Filipe - que escreveu um texto genial, cheio de piada - gostou muito do concerto (aliás, gostou tanto que até mudou de sexo; está, neste momento, em recuperação numa clínica holandesa). Quem sabe se não terá uma participação especial no próximo do angélico Toni. Aguardemos.

7:33 da tarde  
Blogger sara said...

O Filipe mudou de sexo? Oh pá, espero que recupere bem. Coitada, devia ser horrível estar presa num corpo em que não se reconhecia. Um grande beijinho para a Filipa!

10:15 da tarde  
Blogger Nuno said...

Beijocas para a Filipa!

12:18 da manhã  
Anonymous John said...

ponto 1: Concordo com o PAS.

Caro anonymous the first, é a ironia pá. Sabes, há gente que quando gosta de um concerto não usa expressões como "simplesmente divinal" (vê lá tu). Sim, tens razão, a homosexualidade não é coisa que se pegue mas pelos vistos o sentido de humor também não.

11:19 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home